quarta-feira, 7 de julho de 2010

Mick Jagger e a minha sorte

Esquecer, esquecer , esquecer. Tenho tido que esquecer tudo ultimamente. Talvez seja a melhor saida. Mas não acho certo. Tudo bem esquecer gente que não faz mais parte da minha vida,mas esquecer quem eu gosto ,não dá. O silencio me perturba.Eu não gosto disso.
Mudando de assunto, e a copa, e o dunga?Ja esqueci.Agora é colocar o nariz de palhaço e ir votar.
A vida e o tempo não para. O tempo não espera ninguem.
Mas eu ainda não perdi a fé em nada, ainda espero quem espera por mim, ainda espero alguma coisa da vida.
E por mais que a minha sorte não seja lá grandes coisas, tive uma luz esses dias.

Mick Jagger sempre torceu por mim. Fato.
E desde que eu nasci eu acho.

Tá explicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário